Argenta_Cursos_k

Como se constrói um curso na Argenta Cafés

Por Ellen Krause Bravo

Seria muito fácil dizer que a Argenta Cafés monta seus cursos num estalar de dedos. Imagina: o mistério estaria garantido e os nossos super baristas poderiam ser tidos como os maiorais. Mas não seria a verdade. Montar um curso dá trabalho e se a ideia é apresentar algo verdadeiramente relevante para o mercado e para o mundo do café, o trabalho é ainda maior.

Mas não é para isso que entramos na briga, para fazermos a diferença? Se não fosse assim, nem saía de casa.

Cada curso no Argenta Coffee Studio é preparado durante um longo tempo, com etapas de planejamento, discussão e prévias. Cada material utilizado na aula é muito bem avaliado, a didática é posta a prova e as apostilas são feitas e refeitas, atualizadas constantemente e, ufa, apresentadas numa carinha que ajuda a leitura e o aprendizado.

Então, tudo começa com o planejamento do curso. Aliás, planejamento DOS cursos. A Argenta tem uma agenda anual do que vai acontecer no Studio. Claro que imprevistos acontecem, que novidades podem aparecer e que tudo é um pouco maleável. Mas o importante para nós é começar o ano sabendo onde vamos nos posicionar nesse mundão do café especial.

Cada curso, portanto, faz parte de um conjunto de ações pensadas e discutidas — que trabalheira! E cada curso, seja prata da casa ou novato, recebe muito empenho durante o seu próprio planejamento. Começamos sempre investigando todo o mercado. Queremos saber como as coisas vão, quais são as demandas dos produtores, das cafeterias e dos baristas, queremos saber quem é o público alvo do curso que temos em vista e do que ele precisa.

Em seguida, olhamos ao redor e tentamos descobrir o que temos à mão para atender ao público, ou seja, se temos professores especialistas no tema, se nosso ambiente comporta a iniciativa, se temos materiais adequados (equipamentos didáticos, máquinas, métodos, etc.). Por fim, juntamos tudo e começamos a desenhar um curso que seja realmente relevante, quer dizer, um curso que tenha um objetivo bem definido, que leve em consideração o público-alvo, as suas necessidades e que esteja dentro das nossas melhores possibilidades.

Até aqui, temos uma grande vantagem: A Argenta mantém uma rede de colaboradores enorme, espalhada pelo país, em fazendas e cafeterias. Sejam produtores, Q-Graders, mestres de torra, baristas, pesquisadores ou simplesmente amantes do café, esses amigos são importantes para a investigação sobre quem é o público alvo e, muitas vezes, são braços que somam como professores e assistentes. Além disso, o Studio está pronto para grande parte dos cursos normalmente ministrados no universo do café especial: na casa temos duas máquinas: uma Astoria para os primeiros passos do contato com uma máquina e, uma linda e poderosa, La Marzocco Linea PB, 10 métodos para extração e equipamento multimídia para aulas interativas.

Realizado o planejamento do curso, chega a hora de definir o seu objetivo, ou seja, se identificamos uma certa demanda no mercado, precisamos construir algo que a satisfaça. Por isso, é importante responder essas cinco questões: para quem é o curso, o que será feito durante o curso, o que será usado, qual a performance esperamos dos alunos, e qual a duração do curso. Complicado? Nada… veja um exemplo prático:Curso Básico de Máquina, Moinho e Vaporização de Leite

  • para quem: o curso é destinado àqueles que querem ingressar no mercado de café como baristas, aos profissionais recomendamos nosso curso de barista mais avançado (nenhum conhecimento anterior é exigido, exceto uma boa introdução aos cafés especiais);
  • o que é feito durante a aula: o barista instrutor ensinará a teoria e a prática de um espresso perfeito; os alunos serão incentivados a regular o moinho e a extrair seus próprios cafés;
  • o que é usado: além da apostila e dos recursos multimídia, os alunos terão acesso a duas máquinas, moinhos e cafés especiais;
  • qual a performance esperada dos alunos: ao final do curso, eles deverão conhecer o espresso e as bebidas clássicas das cafeterias mundiais e serão capazes de extrair essas bebidas com excelência, após aprenderem a regulagem do moinho, a manipulação da máquina, inclusive do vaporizador de leite;

Neste ponto, também precisamos definir a forma de avaliar a performance do aluno, ou seja, precisamos ter certeza de que vamos entregar o que foi prometido. No caso do exemplo, as xícaras preparas por cada aluno são submetidas à avaliação dos demais e do nosso barista instrutor, os quais vão buscar as notas de doçura e a acidez esperadas — e enquanto chegar café amargo ou sub-extraído no balcão, o aluno volta para máquina.

  • qual a duração do curso: o curso durará quatro horas, que é o tempo indicado para o aprendizado segundo a SCA.

Pronto, o curso está bem definido, claro e objetivo.Mas ainda não acabou.

Agora que vamos botar a mão na massa mesmo. Precisamos elaborar (ou revisar se o curso já for nosso velho conhecido) todo o conteúdo e escolher a melhor forma de passá-lo aos alunos. Neste ponto, revisamos a bibliografia, nos certificamos de que não deixamos nenhuma novidade escapar, escrevemos e, principalmente, cortamos conteúdo (a vontade é dizer um monte de coisas, mas precisamos ser objetivos).

Essa tarefa é dividida entre vários colaboradores da Argenta, para quem conhecimento relevante se constrói em equipe, com a contribuição de muitas vozes e vivências. Com o material à mão, dedicamos o mesmo esforço para construir a metodologia mais adequada para transmitir conhecimentos ao aluno.

E quando tudo parece estar pronto, começa uma nova etapa importantíssima. As aulas são testadas internamente e para alunos convidados (geralmente baristas experientes ou outros profissionais de alguma forma envolvidos com o conteúdo).

Algumas vezes, chove palpites, que são muito bem vindos e importantes para o aperfeiçoamento do curso — o conhecimento é realmente construído em equipe.Agora sim: o curso está pronto e ficamos ansiosos para mostrá-lo. Ele é o resultado de um trabalho colaborativo e muito duro, mas realizado com paixão e xícaras de café em cada etapa.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Open chat
Como podemos te ajudar?